sexta-feira, 24 de abril de 2009

Artigo no 'O Globo'.


Não sou (e nunca fui!) de me remoer sobre as mazelas políticas de nosso país. Acho que o Brasil e os brasileiros são muito maiores do que tudo isso, todo esse escárnio político a que somos submetidos não há dez, vinte, cinquenta, mas há muitos anos... há séculos (e não sou o primeiro a dizê-lo). É vero, sempre tive esse otimismo intrínseco como o do professor Darcy Ribeiro... quase incurável, quase pueril. Contudo, infelizmente, não consigo ficar impassível como cidadão e contribuinte, aos descalabros que acontecem nos bastidores e que mais e mais vêm sendo reportados. Essa semana, só para ilustrar, mais dois episódios me saltaram aos olhos; a discussão no STF entre os ministros Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes, e a chamada "farra das passagens" no congresso; o judiciário e o legislativo nos revelando mais uma vez o quão maravilhosamente bem, sempre em prol do povo e jamais em benefício próprio, trabalham.
A jornalista Cora Rónai tratou de escrever um artigo providencial que saiu no jornal "O Globo" do Rio, cujo título não deixa dúvidas sobre o estado de espírito que anda pairando no ar, ganhando força pelas ruas, nos cabeleireiros, nos ônibus, botecos, escritórios, nas seções de cartas de leitores, na internet, enfim: "Bando de traíras irresponsáveis!".
Quando li a notícia, lembrei logo do meu querido parceiro Aldir Blanc, que tão bem resumiu em "Querelas do Brasil"
( e aqui com duplo e garrafal " S " !!):
O Brasil não merece o Brasil.

3 comentários:

Almost Blue disse...

Chico, se eu contar, você não acredita. Enquanto fui lendo o que você escreveu, encontrei o nome do artigo e, também, na hora, me lembrei do Aldir. Porque tem demais o estilo dele. Muito bacana notar essa sincronia no pensamento.
Rapaz, saudade de ouvi-lo ao vivo. Perdi uma chance esse mês, em maio volto das férias. Se puder, um dia, apareça na Fnac, apenas para um abraço. A mim, é fundamental dizer às pessoas que elas me são caras.
Abraços!
Augusto

Chico Pinheiro disse...

Poxa, que coisa Augusto!
O Aldir é implacável.
Obrigado pela mensagem, e pode deixar que
estarei na Fnac para o café!
Abraço grande e obrigado pelo livro sensacional.
C.

Dea disse...

É bem, verdade, Chico. Imagine só, vivendo em BSB, perto dessas criaturas, a indignação parece que se torna ainda maior.
Ah, e quanto ao show da Luciana Alves, puxa, quisera eu estar lá! Espero que ela apareça por aqui um dia também.
Abraço.
Andréa Guedes